Área do Cliente

Mais do que prestação de serviços...

Uma parceria!

Área do Cliente

Notícia

INSS não alterou as datas de pagamento para aposentados

Somente beneficiados que moram no Rio Grande do Sul receberão no primeiro dia do calendário até que cesse o estado de calamidade pública no estado

Circula nas redes sociais uma suposta "antecipação" do calendário de pagamentos de aposentados e pensionistas do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) no país. No entanto, não há esse adiantamento para todos, somente para quem reside no Rio Grande do Sul, todos vão receber no 1º dia do calendário (24/6).

Para esses beneficiados do Sul a antecipação do calendário vai prevalecer até que seja determinado o fim do estado de calamidade pública no estado. Os demais aposentados e pensionistas seguirão o calendário normal.

Como todos os meses, primeiro são pagas as aposentadorias e pensões de quem recebe até um salário mínimo (R$ 1.412). Para esse grupo o valor será creditado de 24 de junho até 5 de julho.

O pagamento leva em consideração o número final do cartão de pagamento do benefício, desconsiderando o dígito verificador que fica depois do traço.

Os primeiros a receberem os pagamentos, que acontece sempre em dias úteis, são aqueles que têm o Número de Inscrição Social (NIS) com final 1. Sendo pago um grupo por dia.

Já para quem recebe acima do piso nacional (R$ 1.412) os pagamentos serão de 1º de julho até 5 de julho. Nesse grupo os créditos também são feitos levando em conta o número final do benefício. Esses pagamentos são feitos de dois em dois grupos, começando para quem tem dígito final 1 e 6.

Atualmente, o INSS paga mensalmente 39,9 milhões de benefícios.

Como consultar

Os segurados podem consultar os valores no site Meu INSS. Após fazer login na tela inicial do aplicativo Meu INSS, clique no serviço de “Extrato de Pagamento para ter acesso ao extrato e todos os detalhes sobre o pagamento do benefício.

A consulta também pode ser feita pelo aplicativo Meu INSS, disponível para aparelhos com sistemas Android e iOS.

Caso a pessoa não tenha acesso à internet, basta ligar para a Central 135. Ao fazer a chamada, informe o número do CPF e confirme algumas informações cadastrais, de forma a evitar fraudes. O atendimento está disponível de segunda-feira a sábado, das 7h às 22h.

Agenda Tributária